terça-feira, 1 de junho de 2010

O Mistério de Monalisa

Enigmas

A obra-prima do Renascimento italiano, cujo nome oficial é "La Gioconda", mas que também responde a "Madonna Elisa" esconde debaixo da lona, uma infinidade de mistérios para resolver.
A pintura,feita por Leonardo da Vinci, que data do período entre 1503 e 1506. É um óleo sobre madeira de álamo 77 x 53 cm, cuja técnica utilizada foi a "sfumato", um procedimento típico de Leonardo da Vinci, em camadas sobrepostas de tinta muito fina e delicada, arejado efeito que a obtenção de um impreciso contornos, dando a
impressão de desfocagem.
Além disso,o artista brincou com a perspectiva, e desenha um horizonte superior a outro, que parece que Mona Lisa está mais elevada quando vista do lado direito.
O trabalho é detido pelo Estado francês desde o século XVI e podem ser vistos no Museu do Louvre, em Paris.

Enigmas

Mas, apesar das muitas técnicas e informações históricas que temos sobre a Mona Lisa, a verdade é que nunca viemos a conhecer uma série de coisas: quem é essa mulher misteriosa e, acima de tudo, porque ela sorri?!
De acordo com informações recolhidas, processadas e até mesmo estudos históricos,a mais popular é que esta mulher era a esposa de Francesco Bartolomeo del Giocondo (daí o "La Gioconda"), cujo nome era Lisa Gherardini.
Esta teoria seria apoiada pelo livro "Mona Lisa, mulher ingênua" do historiador italiano Giuseppe Pallanti, convencido de que era Gherardini, uma senhora de Florença que teria casado pela segunda vez com Francisco. Teria sido viúvo e teria tido cinco filhos. Segundo os estudos, teria casado com Lisa, quando tinha 16 anos e havia posado para Leonardo, quando ele tinha 24 ou 25.
O historiador teria chamado de "ingênua donna" porque era um apelido carinhoso que o seu marido empregava.
Outras hipóteses sugerem que foi uma cortesã, ou um modelo realista imaginado pelo artista. Inclusive, foi dito que era o próprio Leonardo.
No entanto, a tese inicial parece ser a mais convincente. Pallanti dá provas disso. Assim, o que confirmaria as teorias apresentadas pelo escritor italiano Giorgio Vasari, em "Vidas dos melhores pintores, escultores, arquitectos e italianos", que foi publicado em 1550 e ampliado em 1568.

Assim se for essa a resposta,a pergunta seguinte;porque que sorri Mona Lisa?

Na Universidade de Yale nos Estados Unidos,com uma pesquisa realizada explicam que; a moça sorri porque está esperando um filho. Uma razão é que, como um sintoma de uma mulher grávida, as mãos de Lisa estão inchados. Além disso, a forma em que se encontram o seu estômago dá uma sensação de protecção para seu bebê.
Diz-se que Leonardo a pintou para obter um efeitode que se você olhar directamente,sobre o sorriso, ele desaparece e só reaparece quando você notar qualquer outra parte da imagem.
De qualquer maneira, ele nunca chegou a conhecer o verdadeiro estado de espírito da Mona Lisa. O que está por trás desse misterioso e desconcertante sorriso que parece olhar como desobediente, protector, triste, calmo ou mesmo mal intencionados.
Em 21 Agosto de 1911 foi roubado do Museu do Louvre. O autor desse roubo seria Vicenzo Perugia, a polícia conseguiu recapturá-lo em Dezembro daquele ano,depois de este,visitar uma série de cidades como Florença, Roma e Milan,e finalmente,são e salvo,o Louvre em 1914.

Enigmas

2 comentários:

  1. Eu fiz questão de ver todas as invenções e reinvenções do Leonardo, para ter certeza se ele realmente foi o gênio que é considerado. Me decepcionei em muitos casos, mas após ver todas eu consegui realmente entender o sentido de ser um inventor. Da Vinci estava muito a frente de seu tempo, com invenções não só militares, mas também algumas invenções simples, mas que ao mesmo tempo facilitariam a vida de várias pessoas, artesãos, comerciantes em geral, de praticamente todos. Fiquei impressionado de como alguém consegue imaginar tanto, ter uma criatividade tão alta e ser bom em tantas coisas, alguns são famosos por serem bons arquitetos, outros por serem bons pintores, mas com Leonardo era diferente.
    Em todo lugar que ele ia sua cabeça não parava, ele percebeu que o mundo ao seu redor precisava de mudanças, e ele queria fazer essas mudanças. Quando viajou a um lugar que não me recordo no momento, observou o trabalho das tecelãs, e viu como era exaustivo e pouco produtivo os seus meios de produção, então reinventou diversas máquinas de tecelagem.
    Ao ser contratado por um Rei, percebeu como muitas das formas dos castelos poderiam ser mudadas a ponto de um melhor aproveitamento em guerras, sendo nas defesas tendo colunas mais inclinadas, ou com postos de defesas nos fossos próximos aos castelos (que foi uma das obras escolhidas), assim entrou na arquitetura.
    Foi um dos pioneiros a encontrar suas respostas na natureza, coisa que apenas nos dias de hoje a ciência resolveu dar uma maior importância, provando que estava muito a frente de seu tempo, com ideias mais que inovadoras.

    ResponderEliminar