quinta-feira, 15 de julho de 2010

O Simbolismo de Chartres

Enigmas

A Catedral de Chartres é um dos locais mais enigmáticos do Mundo.Quem a construiu e porque razão o fez?O que há de tão especial na sua localização?Onde foram os arquitectos buscar todos os conhecimentos necessários á sua construção?
A cidade de Chartres estende-se ao longo do rio Eure,numa fértil planície a cera de 90km a Sudoeste de Paris.
Antes mesmo de os Gauleses e Celtas terem prosperado nesta zona da
Europa,construtores de monumentos megalíticos,como o Stonehenge,trabalharam aqui construindo um Dólmen e um poço no interior de uma colina.O Dólmen 2 ou 3 pesadas pedras aprumadas que suportavam uma outra,achatada e arredondada,formava uma câmara suficientemente alta para dar passagem a um homem.Pensava-se que esta câmara abrigava uma fonte de energia,fértil e poderosa que emanava da Terra.Tais correntes telúricas faziam fluxo e refluxo com as estações,revitalizando tudo o que estava em contacto com elas.Foi Assim que o Dólmen,o poço e a colina começaram a ser venerados como lugares sagrados.
Mais tarde os Druidas,sacerdotes Celtas fundaram uma escola em Chartres,tornando-se assim o centro de ensinamentos Druidas.A Colina e o Dólmen adquiriram assim um novo significado.Mais tarde uma visão profética informou os Druidas de que uma Virgem daria á luz uma criança,esculpiram uma imagem desta Virgem com o menino sentado nos joelhos, num tronco de uma pereira,colocando-a ao lado do poço e da fonte de energia da Terra e chamaram-lhe “Notre-Dame-Sous-Terre”(“A Virgem Debaixo da Terra”)A inscrição foi mais tarde mudada para “Virgini Pariturae”(“Virgem Que Deve Parir”).
Quando os primeiros cristãos,no séc III,chegaram a Chartres e viram a Virgem,enegrecida pelo tempo,colocaram-na numa gruta e chamaram-lhe a “Virgem Negra”.A igreja que edificaram(e todas as outras mais tarde),foi dedicada a Nossa Senhora e á gruta onde repousava,chamaram de “A Gruta dos Druidas”,colocaram a imagem na cripta da igreja ao mesmo tempo,que por qualquer razão desconhecida,chamaram á fonte,ao lado dela,”A Fonte do Poder”.

Enigmas

Ao todo foram construídas 6 igrejas,mas 5 foram destruídas por incêndios,logo que uma desaparecia logo outra nascia…A ultima que restou é esta Catedral Gótica,que estou a referir-me…

Qual a fonte de conhecimentos necessários a esta construção?

Entre os vários elementos de informação,uma notável história imerge.Tem inicio com o famoso Bernard de Clairvaux,fundador da Ordem de Cister,que levou 9 cavaleiros de França a abandonarem,os seus bens e fazerem uma recolha dos segredos que pensavam estar enterrados no Templo de Salomão,em Jerusalém.Conhecemo-los como os Cavaleiros do Templo e passaram quase 10 anos na Terra Santa,só regressando a França em 1128,tão misteriosamente como tinham partido.
A arquitectura Gótica começou a florescer,por essa altura,embora ninguém saiba onde e como a semente foi lançada.Terão os Cavaleiros descoberto a chave de algum conhecimento secreto?Terão trazido para França segredos que posteriormente vieram a pôr em prática com a ajuda dos monges de Cister?Será o estilo Gótico o resultado directo da busca dos Templários?Existem muitas opiniões controvérsias e a dúvida persiste…Uma das opiniões é que descobriram a Arca da Aliança,ou os segredos que possuía dentro dela,nomeadamente;a Lei Divina que governa o Número,o Peso e a Medida?Teriam os monges decifrado e compreendido os princípios da Sagrada Geometria?Qualquer que tenha sido a natureza das suas descobertas,parece certo que num incêndio onde parte da primeira Catedral fui destruída,em 1194,os monges tinham bons conhecimentos da prática da engenharia Sagrada.Nos 30 anos que se seguiram,vidraceiros,escultores,geómetros,astrónomos e outros criaram um Santuário tão espantoso,que tira o fôlego a qualquer pessoa que o visite!O centro da Catedral situa-se entre a 2ª e a 3ª colunas do coro,no lugar do primitivo altar,até ser mudado no séc-XVI.A cerca de 37m.abaixo deste ponto situa-se o nível da água da fonte.Á mesma distância,mas na direcção do céu,eleva-se o pináculo da abóbada Gótica.

Enigmas

Um dos muitos Enigmas desta Catedral é o facto de existir uma laje rectangular,colocada obliquamente em relação ás outra pedras da nave ocidental do transepto Sul.Ao meio-dia,no Solstício de Verão,um raio de Sol penetra através de um vidro branco do vitral da janela de Sto.Apolinário e ilumina precisamente o único entalhe perfeitamente visível,na laje.

Sem comentários:

Enviar um comentário