quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

O Mistério dos Corpos Incorruptos

Europa

Corpos Incorruptos,significa bem preservadas,de corpo inteiro,que podem ser vistos com tecidos moles;músculos,cabelo pele,etc.
Como estivessem adormecidos num sono profundo.

Ainda hoje o fenómeno dos corpos incorruptos é considerado um grande mistério.
Contraria a frase bíblica proferida por Deus;"Pelo suor do teu rosto comerás o pão até que voltes à terra, pois a partir dele que foram tomadas,e que és pó e ao pó voltarás"(Gen. 3:19).A Igreja explica-os como Santos.
Este fenómeno de inúmeros casos relatados ao longo dos anos(até de séculos),não só implica uma crença por vezes questionada,mas ainda é um mistério que os cientistas não sabem explicar.
Não são muitos os santos,cujos corpos permaneceram incorruptos por anos depois da sua morte.Alguns deles ainda estão mostrando e demonstrando a incorruptibilidade, alguns possuem cheiro de rosas e outras manifestações milagrosas.Estas são relíquias extraordinária para a igreja,que as protegem numa redoma de vidro,para que todos os fiéis as possam admirar ou venerar.
Incorruptibilidade foi erroneamente classificado como mumificação natural,mas os produtos de preservação deliberado ou acidental,são como múmias,enrugados,duros e extremamente secos.Mas a maioria dos corpos incorruptos,no entanto,não são nem secos nem rígidos,mas húmidos e flexíveis,mesmo após a passagem dos séculos.Além disso,as suas preservações foram realizadas com condições para ajudar a putrefação,mas que sobreviveram às circunstâncias.
Para alcançar a mumificação natural,os restos devem ter condições de secagem,antes de muitas zonas sensíveis do corpo começarem o processo da deterioração,o oposto ocorre com os casos de incorruptibilidade sobrenatural.Na verdade,os funerais de muitos dos incorruptíveis foram adiados devido à relutância dos devotos de serem separados do objecto da sua veneração.O corpo de São Bernardino de Siena era,exposto durante vinte e seis dias,e Santa Angela Merici por trinta dias.Santa Teresa Margarida do Sagrado Coração de Jesus também foi exposto durante cinquenta dias,e estes são apenas alguns dos muitos casos existentes.
É importante notar que a preservação dos corpos após a morte pode ser classificada em três formas,dependendo de como o corpo chegou a essa conservação;falamos de corpos preservados deliberadamente,acidentalmente preservados,e incorruptíveis.
A sua preservação a partir desse momento tem desafiado os cépticos e a teimosia contradiz as leis da natureza,para a consternação de muitos cientistas admirados.
Pois não dependem da forma,da temperatura,ou do local de sepultamento.Estes corpos não são ainda afetados pelo tempo de espera para o sepultamento após a morte,nem pela humidade das sepulturas,nem a falta de cuidado que foram tratados,em alguns casos,e por transferências frequentes.A grande maioria nunca foram embalsamados ou tratados de qualquer maneira,e muitos parecem estar vivos,com grande flexibilidade, e um aroma suave que emerge dos seus corpos,durante anos e anos,após a sua morte.

Sem comentários:

Enviar um comentário