segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

O Oráculo de Delfos

Grecia

O Oráculo de Delfos era o mais importante da Grécia antiga,situada no templo de mesmo nome,considerado o centro do mundo.

A Fama do Oráculo de Delfos deve-se ao grau de sucesso das previsões da pitonisa Pítia ou do templo de Apolo,o que suscitou uma série de estudos e pesquisas para descobrir as razões.A pitonisa caía em transe,e depois o "sopro sagrado"surgía a partir de uma fissura no chão,e despertava o poder da Oracle.
Delphi,a mais famosa cidade sagrada da Grécia antiga,fica no sopé das falésias íngremes do Monte Parnaso.Milhares de pessoas vieram de locais remotos para consultar o oráculo de Apolo(Deus do Sol,do Oráculo e Protector das Artes,cujo oráculo entrava em transe para prever o futuro.Era o Oráculo mais influente e respeitado da Antiguidade.Segundo o mito,Zeus,o pai dos Deuses,solta duas águias que voam em extremos opostos do Planeta e o ponto onde eles se encontraram,"Delphi"foi julgado como o centro e aí marcou uma pedra chamada de "Omphalos"(umbigo).

Grecia

Em 1400 aC,Delphi é uma cidade dedicada a Gaia,a deusa da Terra.Diz a lenda que o lugar era guardado por uma cobra enorme,e que Apolo,filho de Zeus,matou-a.Então Apolo aí fundou o seu Oráculo,com uma Sacerdotisa,chamada Pítia,uma vidente.No século VII aC,no esplendor do Oráculo,milhares de peregrinos,ricos e pobres,viajaram para consultar Apolo através do Oráculo.
A viagem até Delphi,a 570 m acima do nível do mar,na encosta sul do Monte Parnaso,era árdua.Alguns peregrinos trilhavam o caminho de Atenas,outros íam de navio para um porto(agora chamado Itea)na costa norte do Golfo de Corinto e numa planície do Monte Parnaso.Uma vez lá,contornavam a colina e seguíam o Caminho Sagrado do Templo de Apolo.

Grecia

No Santuário,sentada num tripé de ouro sobre um abismo profundo,a mulher-vidente de meia-idade,natural da vila,proferia um Oráculo cons sons frenéticos e incoerentes no transe,induzido ao mascar folhas de louro(um dos Símbolos de Apolo)ou por inalação dos fumos tóxicos vulcânicos da abertra a seus pés.
O oráculo de Delfos foi consultado sobre questões políticas,em particular,o estabelecimento de colónias gregas,e para assuntos quotidianos como casamento, fertilidade,ou problemas de dinheiro.Às vezes os anúncios eram diretos,a Sócrates, por exemplo,foi-lhe dito que ele seria o homem mais sábio da Grécia.No entanto, muitas outras respostas foram altamente ambíguas:Creso,rei da Lídia,perguntou sobre as consequências de um ataque à Pérsia,a resposta foi enigmática de que um grande império caíria.O rei atacou então a Pérsia,mas o Império que foi destruído era o dele.
A reputação de imparcialidade do Oráculo começou a declinar no século V aC,como seus intérpretes eram aliados tanto para a cidade-estado,como para Atenas e Esparta.No século II aC,Roma estendeu seu domínio ao Delphi,a influência do Oráculo foi ainda mais enfraquecido.


Grecia

O oráculo de Delfos foi oficialmente fechada pelo imperador cristão Teodósio,em 385 e o Culto de Apolo caiu para a nova religião,e o local foi enterrado sob uma cidade. No entanto,em 1892 o arqueólogo francês Théophile Homolle empreendeu as escavações que descobriram as ruínas que hoje podem ser admiradas.

Sem comentários:

Enviar um comentário