quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

A Arca de Noé Encontrada?!

Asia

Ainda hoje,o local onde se situa a Arca de Noé,continua a ser um mistério...Muitos houve que afirmaram conhecer o local exacto...Mas será???
Marco Polo disse que na sua época(século XIII),a arca repousou sobre uma montanha sempre coberta de neve...o Ararat é 5.156 metros.Em Maio de 1883,o governo turco enviou uma comissão de especialistas para avaliar os danos causados por um terremoto no Monte Ararat.Os seus membros disseram ter encontrado"um tipo de navio aberto,surgindo do gelo."
Em 1974,um satélite mostra um retrato curioso de Ararat onde se vislumbra algo semelhante a um barco de dimensões semelhantes às da arca bíblica.E agora,a própria CIA diz que os seus aviões de espionagem U-2,fotografaram-no também.
Uma equipa Americana fez uma viagem de uma hora e meia para o lugar,apenas o tempo suficiente para realizar provas científicas.Eles fizeram um buraco na parte lateral da estrutura,com dinamite,embora alguma madeira petrificada fosse revelada,a sua conclusão foi "nada de interesse arqueológico."Se este objecto era a Arca de Noé, seria de cerca de 4.400 anos de idade para que a madeira estivesse petrificada.No entanto,o material tinha anéis de crescimento...
As condições do mundo antes do dilúvio bíblico,eram muito diferentes dos nossos dias .A Bíblia diz: "...o Senhor Deus não tinha feito chover sobre a terra,mas...subindo da terra uma neblina regava toda a face da terra..."(Gênesis 2: 5, 6).Num ambiente antes do dilúvio,sem chuva,as árvores têm anéis de crescimento...e é exactamente isso,que a equipa tinha encontrado!!!!De facto,se o material tinha anéis de crescimento não poderia ser a Arca de Noé.
Depois de ver um artigo na revista Life,que falou sobre o assunto,Ron Wyatt, um arqueólogo amador,visitou o local em 1977,para ver se poderia ser a Arca de Noé.
Localizado em 6.300 metros acima do nível do mar,seria demasiado elevado para ser os restos de um navio devido a inundações locais e fica a mais de 200 milhas da costa mais próxima do mar.De facto,as dimensões coincidem com a descrição bíblica da Arca de Noé, tal como descrito em Gênesis 6:15,medindo 300 cúbitos de comprimento,mas alargura é maior que a mencionada na Bíblia.
O radar de penetração no solo mostrou que o navio tinha três andares,dois pavimentos desabaram deixando intacto o pavimento inferior,que continha 144 quartos.Paredes, cavidades,perto da porta,a rampa,e grandes tanques perto da curva também foram localizados.O radar de varredura revelou quatro protuberâncias que se estendem desde a popa e que provavelmente foram estabilizadores.Ron testou o material em laboratórios de Galbraith em Knoxville,Tennessee e provou ser de madeira laminada petrificada.Os testes mostraram que as amostras de carvão a partir do local continham um teor muito mais elevado de carvão.Provou ter de carbono 4,95%,enquanto a amostra da área circundante,era de 1,88%.Assim, poderia ter sido uma matéria viva. Ligas mais sofisticados,como ferro,titânio e alumínio também estavam presentes. Utilizando quatro diferentes tipos de detectores de metal,encontrou-se milhares de rebites de metal no local,ferro foi encontrado em intervalos regulares que formavam um padrão de horizontal e vertical "atravessando" o barco,mostrando os níveis de ferro em cada partição.
Em 1991,Greg Brewer,encontrou um chifre petrificado diante da arca.Como resultado da perfuração base de Ron encontraram pêlo de roedor extinto,excrementos de animais e cabelo ruivo petrificado.
Os nomes dos lugares circunvizinhos são curiosamente associado com a descrição bíblica do dilúvio.O vale é chamado de"O Vale dos Oito",referindo-se aos oito sobreviventes do dilúvio,Noé e a sua esposa,três filhos e as suas esposas.Uma aldeia no vale é chamada"a Vila dos Oito ",onde várias âncoras de pedra gigantes podem ser encontradas a milhares de pés acima do nível do mar.Sobre cruzes cristãs em pedra esculpida no período das Cruzadas,a prova de que as pessoas na época das cruzadas também reconheceram o significado cristão das âncoras de pedra.Treze desses âncoras de pedra estão em linha directa com o barco.Muito curioso,não?

Sem comentários:

Enviar um comentário