terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

A Cova de "Los Tayos"

AmericasN

A uma altitude de 800 metros, numa área montanhosa irregular, na encosta norte da "Cordillera del Condor", fica a entrada principal ,ou melhor,a entrada do" conhecido "submundo da "Cueva de los Tayos".O acesso consiste de um túnel vertical,numa espécie de lareira com diâmetro de cerca de 2 m de largura e 63 de profundidade.
No fundo,um labirinto é aberto para o explorador por kms de mistério,que se percorrem em trevas,se não fosse as lanternas.A caverna é comumente referida como "Los Tayos" porque o seu sistema de cavernas é o lar de uma ave noturna;"Tayos-Steatornis Caripensis",alguns da mesma espécie foram encontradas em cavernas da América do Sul, por exemplo,"Lo guacharos" na Venezuela.
Foi em 1969,quando Juan Moricz,um cidadão húngaro especialista em lendas antigas,decide explorar este misterioso e excitante lugar da selva,no leste do Equador.Não era a primeira viagem de Moricz,sobre os meandros de túneis e galerias subterrâneas,mas tendo sido,sem dúvida,o primeiro a noticiar a todo o Mundo a existência deste sistema intraterrestrial.
O mais marcante,foi sem dúvida a descoberta de pegadas gigantes em blocos de pedra, por sua simetria e ângulos rectos,sugerem uma origem artificial.

Americas

Lendo o depoimento das suas descobertas,de 21 de Julho de 1969,na cidade costeira de Guayaquil;"... eu encontrei objectos valiosos de valor cultural e da história da humanidade.Os objectos consistem,principalmente,em metais de uma civilização extinta,e da qual,até agora,não tenho a menor idéia..."
A colecção das placas de metal com ideogramas complexos é chamada de"O Livro dos mantos brancos."
Em 1976,fez-se uma expedição equatoriana britânica que investigou a gruta por 35 dias.Os estudos foram feitos em mineralogia,espeleologia,biologia,botânica e arqueologia.O objectivo dos arqueólogos foi verificar uma ocupação pré-histórica provável das cavernas,porque sabiam que os indios Jivaro desciam uma vez por ano ás cavernas para caçar os filhotes Tayos,para alimento e extrair a sua gordura. Os cientistas pensavam que,se esta foi usada no presente,era susceptível de ter sido no passado.
A pesquisa mostrou resultados positivos.Primeiro,eles encontraram um pedaço de estatueta antropomórfica trabalhada em argila,em seguida,descobriram uma galeria bloqueada artificialmente,em que muitos vestígios arqueológicos se viam.Estes foram classificadas em três grupos;as estruturas de pedra,fragmentos de cerâmica e casca. No primeiro caso foi descoberto um acúmulo de pedras na forma de um altar ou templo. Eles também encontraram 111 fragmentos de cerâmica,incluindo fragmentos decorados e peças de navio.Também foram encontrados recipientes esféricos metálicose garrafascom alças.Finalmente descobriu-se artefactos esculpidos;placas quadradas e em forma rectangular,um disco com imagens de serpentes e outro com características felinas.
Pensa-se que esses objectos foram usados para algum tipo de ritual.As decorações e as formas de metal tem uma ligação com a cultura Narrio que foi influenciada pela cultura Machalilla.Foi determinado que todo o material encontrado datava de 1500-1020 aC.Estas datas marcam a expansão máxima da cultura Machalilla que continua sendo um dos mistérios não resolvidos...

Sem comentários:

Enviar um comentário