segunda-feira, 21 de março de 2011

Susa,a Gloriosa Cidade dos Persas

Cities

As ruínas de uma metrópole no Irão revelaram que,no espaço de 4000 anos,existiram ali 13 cidades que se foram sucedendo e que ali falaram-se 15 línguas diferentes.Qual a data da Fundação de Susa?Seria ela a capital de um Império?Qual foi o seu fim?

Erguendo-se de encontro á linha do horizonte,na ressequida planície do Cuzistão,no Sudoeste do irão,Susa aparece como uma enorme massa informe.Segundo a tradição persa,Susa,construída pelo lendáro rei Hushang,que descobriu a forma de fazer fogo utilizando aço e pedra,foi a primeira grande cidade do Mundo.No princípio do 4º milénio antes de Cristo,época em que os seus artífices produziram algumas das mais belas peças de louça do Mundo(elegantes vasos decorados com pássaros estilizados e cães de caça)a vida urbana era próspera por estas paragens.

A Guerra dos Mil Anos

Em cerca de 2500 a.C,Susa tornou-se a capital do reino dos Elamitas,um povo vigoroso e nigmático,culturalmente relacionado com os Sumérios da Mesopotâmia.Durante 1000 anos,viveram em guerra com as cidades-estados da Mesopotâmia.Mas em 235,aproximadamente,Susa,após ter caído sobre o domínio de Sargão,o “Grande”,de Acade,tornou-se parte do primeiro grande Império.

Cities

Quando o Império de Sargão caiu,a prosperidade dos Elamitas recomeçou.Cerca de 2100 a.C.embelezaram a cidade com um recinto sagrado que incluía um Templo e o Zigurate de Inshushinak,”Senhor de Susa”,Deus da Tempestade e o patrono da cidade,cujo símbolo era o zebu,ou touro corcunda.
Mas as marés do poder,nas cidades-estado da Mesopotâmia,continuavam a alternar.Os Babilónios chegaram a Susa em 1000
a.C,aproximadamente,enfraquecendo o seu poderio.Os Assírios mudaram-se em 645 a.C,logo a seguir a Susa ter sido incendiada pelo conquistador Assurbanipal,que levou os reis,consigo acorrentados e puxando os reais carros de cavalos pelas ruas de Nínive.
As colinas de Susa foram redescobertas em 1850 e identificadas pelo arqueólogo britânico William Lofrus como pertencendo á época clássica.São 4 colinas;a Acrópole,a Apadana,a Cidade Real e a Cidade dos Artesãos.A primeira das 13 cidades,situou-se na Acrópole,onde foram encontrads as fundações de um Templo do 4º milénio.Aqui localizavam-se também,as principais construções reais Elamitas,entre elas o Zigurate e o Templo de Inshushinak,encimado pelos”cornos” de bronze que Assurbanipal pilhou.
A Susa dos Elamitas desapareceu completamente.Pensa-se que a cidade,na época áurea,situava-se a 32km para Sudeste do local onde o Rei Untash-Gal(1250 a.C)construiu a Cidade Real cujo nome provinha do seu próprio nome;Dur-Untashi,actualmente conhecida por Choga Zambil.Este foi um dos ambiciosos esquemas de construção que alguma vez se viram no Mundo Antigo.Em enormes plataformas e rodeadas de muros de pedra,erguiamse os templos dos muitos Deuses Elamitas,e,acima de todos eles,um grande Zigurate dedicado a Inshushinak.

Cities

As Águas de Choaspes

Apesar de Assurbanipal ter lançado fogo á cidade,ela mais uma vez floresceu.Ciro,o”Grande”(530 a.C),que reinou do mar Egeu ao rio Óxus,fez dela capital do Império Persa.Escolheu-a porque Susa oferecia a vantagem de situar-se entre as 2 metades do seu Império ,mas também,talvez,por localizar-se á beira do rio Kharka,famoso pela pureza das águas.
Heródoto,o historiador grego,relata que sempre que Ciro seguia numa expediçã,levava consigo”água do Choaspes(Kharka)…sempre ela e nenhuma outra bebida.Esta água do Choaspes era fervida e quase sempre transportada em vagões puxados por mulas,dentro de recipientes de prata que acompanhavam o Rei,para onde ele fosse”.E”para onde ele fosse”podia significarr uma distância imensa.

Cities

A energia de Ciro e dos Aqueménidas era,prodigiosa.Podiam passar o Inverno em Susa,a Primavera a 800 km dali,na Capital Cerimonial;Persépolis,e o Verão a 1280 km desta,nas frescas montanhas de Ecbátana.Daqui até Susa,novamente,eram mais de 480 km.E tinham de viajar no máximo do calor do Verão e no frio no Inverno,através das mais escarpadas montanhas do Mundo com todo o complicado equipamento da corte e não esquecendo,claro está,da água pura do Choaspes.
Os Aquenémidas,eram sem sombra de dúvida,grandes construtores de estradas.A sua Estrada Real de Susa a Sardes,na Ásia Menor,estendia-se por mais de 2563 km e contava com 111-mala-postas para mudança de cavalos.Era patrulhada por soldados destacados para o efeit,enquanto um serviço de mensageiros,que se revezavam,assegurava ao monarca um eficiente serviço postal,um trajecto que em caso de emergência podia-se fazer uma semana.

Cities

O Grande Palácio do Rei Dário

Em 517 a.C,o segundo sucessor de Ciro,o Grande,Dário I,começou a construir um esplendoroso palácio na colina de Apadana,foi o povo da Babilónia quem fez o trabalho.A madeira chamada cedro,foi trazida de uma montanha chamada Líbano.O povo da Assíria trouxe-a até á Babilónia e o povo de Kharka(na Anatólia)e da Jónia(na Grécia)transportou-a desde a Babilónia até Susa.De todos os cantos do Império e esmo fora dele chegavam homens e materiais.Caravanas carregadas de ouro-eram os Medos e os Egípcios que o trabalhavam-marfim,prata,ebonite,lápis-lazúli e turquesa.
Não é de admirar,portanto que a Bíblia se refira a Susa apenas pelo palácio.Aqui teve lugar a história de Ester e no” Livro de Ester”todo oluxo e sumptuosidade da cidade são descritos com todos os pormenores.

Cities

Á medida que o Império Persa se expandiu,abarcando zonas como a Grécia,as glórias de Susa tornam-se tão bem conhecidas tanto dos Gregos,como dos Hebreus.Depois de ter desafiado Dário III,em 331 a.C,Alexandre,o Grande,marchou sobre Susa e aí encontrou riquezas fabulosas…Após a sua morte,em 323 aC.,Susa viu-se reduzida a uma capital de província.Mais tarde,no tempo da Cristandade,foi diocese,mas o Rei Sassânida Shapur II,um fervoroso Zoroastriano,ordenou que centenas de elefantes a calcassem sobre as suas patas.Os Mongóis deram-lhe o golpe de misericórdia no Século XII e Susa converteu-se numa cidade morta,abandonada aos ventos que,com o tempo,a transformaram numa colina mais do Médio Oriente.

Cities

Sem comentários:

Enviar um comentário