sexta-feira, 15 de julho de 2011

A Pirata-Rainha; Alvida

Piratas


Alvida(Alwilda, Alfhild, Alvild) era filha de Synardus,o rei de Gotland,Suécia. Os pais dela a mantiveram trancada no seu quarto, e como guardas na sua porta,colocaram duas cobras venenosas para manterem afastados todos,até o mais ardente dos pretendentes.Mas o sujeito mais persisante e corajoso acabou por ser o príncipe da Dinamarca,Alf...e embora ele passasse no teste,os pais de Alvilda não estavam nada felizes com a sua partida.Mas Alvida decidiu que não estava pronta para se casar e aproveitou a indecisão dos seus pais e fugiu de lá. Ela juntou-se a um grupo de mulheres não muito aceitável, mas depressa começa a sua carreira aterrorizando a costa do Mar Báltico quando se une a uma tripulação de piratas que haviam perdido o seu capitão. Eles ficaram tão impressionados com suas habilidades que eles votaram, por unanimidade,para elegerem-na como seu novo líder. Com reforços frescos sob a sua orientação destemida, essa mulher tornou-se um enorme incómodo para o comércio comerciante que o seu noivo ex, o príncipe Alf, foi nomeado para levar os piratas à justiça.
Alvida e sua tripulação lutaram com vigor, mas no golfo da Finlândia eles são emboscadod.O Príncipe Alf e os seus homens embarcaram no navio dos piratas, onde a luta violenta persiste.Após sofrerem pesadas baixas, a tripulação sucumbe e ela mesma foi levada em cativeiro. Com a sua beleza escondida por um capacete cobrindo rosto, ela foi feita prisioneira, e foi só quando este capacete foi removido que o príncipe Alf percebeu quem era de facto o flagelo dos mares.Por sua parte, Alvilda ficou tão impressionada pela forma como Alf tinha lutado na batalha que ela se casou com ele no local. Ela passou,assim,a compartilhar da riqueza de Alf e do seu trono como a rainha da Dinamarca, e juntos tiveram uma filha, que deram o nome de Gurith. Se Gurith terá seguido o caminho da sua mãe,no mar não é conhecido.


Piratas

Encontros Com os Anjos da Guarda

Enigmas

Será que espíritos Celestiais vêem em auxílio dos seres humanos em caso de necessidade? Muitos acreditam que sim(embora também haja muitos cépticos)!!!

Então quem são esses seres misteriosos????Donde Vêem??? Quem diz que os viu dizem que parecem vir do nada, apenas quando eles são necessários,nas horas de aflição ou para noticíarem algo e depois desaparecem rapidamente, sem deixar vestígios. Dizem que são seres espirituais que temporariamente, assumem a imagem humana nessa hora,ou instante,de necessidade.Quem já não ouviu falar nos Anjos de Guarda???
Igualmente frustrante de entender é que a ajuda que eles prestam é muitas vezes em circunstâncias relativamente mundanas.
Encontrei alguns relatos curiosos dos muitos que existem;

O Anjo Vermelho;

Este trabalhador de obras públicas,que trabalhava junto a um rio;

"Eu estava num banco de areia,numa parte rápida do rio,enquanto trabalhava eu caí e fui pego num sistema hidráulico,onde foi sugado para baixo e chupou na minha cabeça. Eu lutei para chegar à superfície, que estava a poucos centímetros de distância!Tentei lutar para fora desta armadilha de água e quando percebi que os meus esforços eram vãos e eu estava prestes a meafogar, eu senti uma paz intensa e serenidade encher-me num calor que eu não consigo descrever.
De repente, alguém me agarrou pelo pulso e puxou-me para fora da água vigorosamente.Eu vislumbrei uma mulher loira com uma roupa vermelha,mas quando me virei para lhe agradecer por salvar a minha vida,não havia ninguém lá. "

O Estranho do Metro;

Patty H. diz-nos que ela,juntamente com o seu marido,o seu filho Brian e a filha estavam entrando numa ligação de metro a caminho de um jogo de beisebol,St. Louis Cardinals,naquele dia.

"Brian tinha um boné de beisebol do marcador Sharpie e a quem ele estava pensando em pedir um autógrafo.O metro parou no Busch Stadium,todos nós descemos do comboio. Brian apercebeu-se que tinha deixado o boné e voltou para recuperá-lo. As portas do comboio fechou-se e partiu.O meu filho ainda estava no comboio! Brian tinha apenas 10anos de idade na época e era a sua primeira vez na cidade grande. Nós estávamos deseperados.Mas apenas o que podíamos fazer era esperar pela volta á estação,que demorou cerca de 35 minutos. Quando o comboio finalmente conseguiu voltar para a plataforma, Brian tinha uma história interessante para contar.
Ele cntou-nos que enquanto ele estava no comboio,um senhor de negro sentou-se ao lado dele e começou a conversar com ele. Ele fez-lhe perguntas e garantiu que ele ficaria bem. Brian disse que ele e o homem eram as duas únicas pessoas no comboio. No entanto, quando as portas do comboio se abriram, o homem tinha estranhamente desaparecido e não saíra pela porta.Se o tivesse feito teria de passar por nós. Nós acreditamos que era o Anjo da Guarda do meu filho. "

Oito anos mais tarde, Patty contou,que este mesmo homem misterioso foi ao quarto do seu filho no hospital quando ele estava muito doente.

Um Auxílio Curioso;

De acordo com Amanda a sua experiência teve lugar em Pottstown, Pensilvânia.

"Eu nunca fui do tipo religiosa", diz Amanda. "Por uma questão de facto, muitas vezes eu fazia piadas sobre a Bíblia, assim como de Jesus...Certo dia dirigi-me com uma amiga para a casa de outro amigo. A chuva estava caindo fortemente e o tempo estava cada vez mais insuportável. De alguma forma o meu veículo desembarcou no que parecia ser um rio no meio da estrada. Eu tentei ligar para um casal de amigos do sexo masculino para nos ajudarem. Não tive sorte. Sentei-me a chorar,nessa área arborizada,completamente no meio de nenhures.Estávamos desesperadas com a situação.A certa altura,um homem idoso saiu do mato,parecido com as imagens de Jesus;alto, magro e barbudo. Ele disse que iria arranjar um reboque e puxar o meu carro para fora da correnteza. Sentei-me no carro á espera e o velho chegou com um trator para puxar o veículo. A placa no seu trator dizia; "Você tem um amigo em Jesus.""

Foi coincidência ou uma lição???

Nos Braços de Um Anjo;

Sharon tinha levado o seu bebé ao shopping, empurrando o carrinho com com tudo o necessário;saco de tecido, bolsa, etc.

"Sendo do tipo cuidadoso, eu sempre dobro o carrinho e levo-o na escada rolante numa mão e o bebé no outro. Mas este é um acto de perigoso de equilíbrio e decidi levar o carrinho normalmente na escada rolante com o meu filho.Rolo o carrinho para a escada rolante e um homem ficou atrás de mim. Eu não prestei muita atenção nele, mas eu sabia que ele estava cerca de dois ou três passos atrás de mim. Tudo ia bem até que chegarmos ao fundo... alguma coisa no carrinho ficou preso na escada rolante. O carrinho parou ... Eu não. Voei por cima do carrinho, ouvindo o colapso do carrinho, mas eu não podia fazer nada sobre isso - era como se eu estivesse caindo através do espaço em câmera lenta.
Eu não ouvi o grito do meu bebé.Quando eu me levantei,aflita temia o pior.O carrinho ligeiramente esmagado (uma roda foi dobrada) tinha derrapado cerca de 10 metros ao fundo da escada rolante.Mas o meu bebé não estava nele. Alguém de chegou atrás de mim, segurando-o, foi o homem que tinha chegado na escada rolante atrás de mim. Ele completamente calmo,entregou-me o bebé,sem dizer uma palavra. Eu desviei o olhar por um segundo,e logo me virei para ele para lhe agradecer,do fundo do meu coração. Mas no tempo que me levou a desviar o olhar e olhar novamente, ele tinha ido embora. "

Chamada Para Ajuda;

Todas as noites após o trabalho, Alicia dirigia-se à casa da avó doente para cuidar dela. Uma noite, porém, um acidente trouxe Alicia em contato com um ser que acredita que foi o seu anjo da guarda.

"Nessa noite, em 2001, eu estava fazendo o caminho como normal quando o carro em frente de mim de repente travou. Quando eu travei, meu carro resvalou ...e bati no carro da frente,com violência.
Minha cabeça bateu contra o volante e logo fiquei a sangrar.Atordoada,sinto a porta do carro abrir(apesar de estar fechada por dentro,como sempre faço) e um senhor de negro aproxima-se de mim. Ele disse, "Alisha, você vai ficar bem!Por favor, deixe-me levar o seu telemovel para chamar a sua mãe. "Dei-lhe o meu telemovel, pensando comigo mesma como ele sabia o meu nome? O homem chamou a minha mãe e ouvi-o dizer, "Alisha teve um acidente de carro,mas ela vai ficar bem. Você precisa vir e ficar com ela agora. "Disse-lhe o local onde estava e desligou.
Então, ele segurou minha mão e me disse;"Você vai ficar bem. Não é ainda a sua hora de ir embora."Eu senti quando ele segurou a minha mão que eu estava bem e uma enorme paz interior.Ouvi a sirene do carro dos bombeiros e o homem disse;"É a minha hora de ir. Você vai ficar bem,basta ter fé."Ele saiu e veio o bombeiro para me ajudar. Eles começaram a me fazer perguntas e perguntou-me se poderia chamar alguém para me encontrar no hospital.Respondi-lhe que o senhor de negro já havia chamado e que minha mãe estava a caminho. O bombeiro surpreso disse-me que ninguém estava por perto e ao verificar o meu telemovel,vi que nenhuma chamada fora feita.
Fui transportada para o hospital.Tinha alguns cortes,no corpo e eu não pude andar por três dias, mas depois de alguma fisioterapia eu recuperei de novo. Mais tarde eu perguntei á minha mãe sobre o cavalheiro que a chamara naquela noite. Ela disse que nenhum numero tinha ficado no registro do seu telemovel,quando a chamada veio. Eu sei no meu coração que eu tinha o meu Anjo da Guarda comigo naquela noite e também descobri,mais tarde,que ninguém ficou ferido no outro veículo. "

Estes e muitos relatos são feitos constantemente no dia a dia...Como disse,muitas pessoas acreditam,outros não...o facto é que neste nosso Maravilhoso Universo,existem muito para ser explicado e nós,seres curiosos por Natureza,não podemos e nem devemos fechar a nossa mente a novas descobertas...!!!!

As Mulheres de Napoleão

Biografias

O Corso Napoleão Bonaparte ficou historicamente reconhecido pelo seu carisma e habilidade militar. Estabelecendo uma rápida carreira foi capaz de ascender na hierarquia do exército francês e, logo depois, assumir o posto máximo do governo deste mesmo país. Contudo, além de sua habilidade política e militar também ficou conhecido pelo seu amplo número de relações amorosas.

Quando jovem, não tendo uma imagem muito atraente, acabou aborvendo-se nos estudos que, com apenas dezesseis anos, lhe garantiram a condição de tenente do exército francês. Dois anos mais tarde, não resistiu às tentações das várias prostitutas das proximidades do Palais Royal, no centro de Paris.
Com o estouro da Revolução Francesa, Napoleão começara a ficar conhecido pela sua coragem e astúcia no campo de batalha. Entretanto, o mesmo papel de destaque não acontecia com as mulheres, que continuavam a vê-lo como um homem de baixa estatura e pouca expressividade. Mesmo fazendo aulas de dança e etiqueta, nenhuma dama com idade de casar se dignava a confiar naquela figura desalinhada e de pouco tato.


Biografias

A primeira jovem que manifestou o desejo de subir ao altar com o promissor General de brigada foi Bernardine Eugénie Desiree, de apenas dezesseis anos. Contudo,o seu pai não permitira o casamento, pois não adorava a família Bonaparte...pois anos antes, já havia permitido a José Bonaparte, irmão mais velho de Napoleão, a se casar com outra das suas filhas e arrependeu-se.

Biografias

Assim,a condição de homem casado só veio a tornar-se realidade em 1796, quando a viúva Josefina de Beauharnais aceitou o seu pedido.
Perdidamente apaixonado pela esposa, Napoleão escrevia as tão famosas tórridas cartas de amor que confessavam a sua completa devoção a Josefina. Em contrapartida, a mulher traía-o com outros homens e não respondia as cartas de amor do marido(aliás era quase analfabeta...). Ao tomar consciência do amor não correspondido e das traições, Napoleão decidiu responder à altura e manteve um caso com a bela Pauline Fourès, que havia se disfarçado de homem para acompanhar o marido nas batalhas do Egipto.


Biografias

O seu envolvimento com Pauline não era segredo para nenhum dos seus comandados, tanto que alguns a apelidavam de “a Cleópatra loura do General”. Nessa mesma altura, em terras Egípcias, manteve outra relação extraconjugal com Zenab, filha de um Sheik Egípcio que lutou contra as tropas Francesas. Com o fim das campanhas no Egipto, ele retornou ao seu lar e, mais uma vez, não encontrou a esposa à sua espera.


Biografias

Enfurecido poupa importância que Josefina lhe dava e também "picado"pela sua familia(expecialmente sua mãe,que detestava a nora...), concluiu que o divórcio seria o ideal. Desesperada pela decisão, Josefina atirou-se aos pés de Napoleão lhe suplicando perdão. Ao ver a esposa em lágrimas, não resistiu e perdoou-a. Após o incidente, Napoleão ascendeu no cenário político Francês com o apoio da população que o aclamava como herói Nacional. No ano de 1804, tornou-se Imperador da França e coroou Josefina em Imperatriz.
Mas,o seu casamento continuava a não ser bem sucedido, Napoleão aproveitou do poder para que seus assessores aliciassem as belas damas da corte Parisiense. Entre as amantes desconhecidas, teve um caso mais regular com a atriz Georgina, que se sentia lisonjeada pelo desejo que provocara num dos mais poderosos homens daquela época. Os aliciadores do Imperador sempre lhe recomendavam que ela se mostrasse surpresa durante os encontros, como era do gosto de Napoleão.


Biografias

A certa altura, o apetite sexual de Napoleão acabou sendo usado como instrumento político,quando se mostrou apaixonado pela Condessa Polaca Maria Waleska. Ao saberem da situação, os compatriotas encorajaram Waleska,mulher casada, a investir na relação. O objetivo por detrás da manobra seria convencer Napoleão a estabelecer a independência da Polónia, que havia sido tomada pelas tropas da Rússia, Prússia e Áustria.
Do envolvimento com Maria Waleska , em 1810, nasceu o primeiro filho de Napoleão Bonaparte, Alexander Walewski, que não pôde ser reconhecido. Apesar disso o Imperador Francês anseia por um herdeiro do trono e que a sua esposa não consegue gerar . Com isso, decidiu divorciar-se de Josefina, que, por sua vez, ficou completamente arrasada.


Biografias

Sabe-se que quatro anos antes, Napoleão havia tido outro filho bastardo com Eléonore Denuelle, dama de companhia de uma das irmãs do Imperador. Sem poder revelar quem era o pai da criança, a serviçal decidiu homenageá-lo com o nome de León, uma abreviação de “Napoleón”. Nessa época, as aventuras amorosas do General Corso começavam a espalhar os seus descendentes pela Europa,apesar de não ter ainda um legitímo...
Buscando resolver a questão do herdeiro e, ao mesmo tempo, arrefecer o furor das tropas inimigas, Napoleão negociou o seu casamento com a Duquesa Maria Luísa. Sendo filha do Imperador da Áustria, este casamento poderia servir como ponto fundamental para que as outras nações europeias reconhecessem o seu Governo. Tempos depois, ao longo de uma relação que parecia feliz e estável, Bonaparte conseguiu o seu único filho legítimo, François Charles Joseph Bonaparte ou Napoleão II.
No ano de 1814, as terríveis derrotas impostas pelo exército Russo acabaram separando o casal Imperial definitivamente. Nem mesmo quando reassumiu a França no “Governo de Cem Dias”, a jovem Imperatriz teve a oportunidade de encontrar o amado marido. Com o tempo, a distância acabou forçando-a a sustentar um relacionamento extraconjugal com o ajudante de ordens Adam Albert Graf von Neipperg.

No período que esteve exilado em Santa Helena, Napoleão teve um caso com Albine Hélêne, mulher de um dos serviçais que o acompanhou no exílio. Em 1819, a jovem Albine abandonou a ilha com uma criança chamada Josephine, a qual o derrotado Imperador reconheceu como sua filha. Curiosamente, antes de falecer, Napoleão pediu que seu coração fosse enviado à esposa, Maria Luísa. Entretanto, as autoridades Britânicas não permitiram que este último e macabro gesto romântico fosse realizado.

quinta-feira, 7 de julho de 2011

A Pirata Mary Read

Piratas
Pois bem,meus amigos,como prometido,aqui vai mais histórias de mulheres piratas...
Esta é uma continuação da história anterior,com mais pormenores desta amiga de Anne Bonny!!!

Esta pirata inglesa (1690 em Londres- 18 de Dezembro de 1720) descobriu que era mais fácil viver vestida com trajes de homens. Combateu nos exércitos e na marinha inglesa - disfarçada de homem - e quando os piratas de Rackman "Calico Jack",capturaram o seu navio de alto mar, ela juntou-se-lhes. A sua valentia envergonhava os companheiros piratas. Durante um combate todos, à excepção de um único, embriagados esconderam-se, enquanto ela e Anne Bonny lutavam sozinhas. Quando alguns dos seus companheiros não lutavam "como homens" ela disparava sobre os covardes.

Vida de Mary Read;

Mary Read nasceu na Inglaterra e era a filha ilegítima de viúva e de um Capitão do Mar. A mãe de Read começou a disfarçar Mary de garoto após a morte do irmão mais velho e legítimo. Isto foi feito para que ela continuasse a ganhar o suporte financeiro da sua sogra. Aos 13 anos foi empregada como pajem de uma rica senhora francesa, mas rapidamente fugiu e embarcou num navio de guerra, e mais tarde combateu na Flandres na infantaria, mostrando grande valentia.
Depois alistou-se na cavalaria onde se apaixonou por um soldado. Quando ela confessou-lhe que era uma mulher, eles casaram-se e compraram uma taverna, chamada de "The Three Horseshoes" (As Três Ferraduras), local próximo a castelo Breda, na Holanda.
O marido dela morreu precomente, e mais uma vez Mary vestiu-se como um homem. Entrou para o exército, mas como não correu bem, embarcou para as Índias Ocidentais.
Enquanto navegava, o seu navio foi atacado pelo capitão "Calico Jack", John Rackham. Como já foi referido anteriormente, na tripulação desse navio existia outra mulher, Anne Bonny. Anne viu um jovem marinheiro entre a tripulação do navio atacado e gostou do jovem. Mais tarde esse jovem, que era Mary confessou a Anne que também era uma mulher. Mary decidiu entrar para essa tripulação pirata e tornar-se num deles. Como "Calico Jack"era um pirata com sucesso razoável e dirigiu a sua tripulação na captura de vários navios.
Mary apaixonou-se por um marinheiro Bartholomew Roberts que havia recentemente assinado o código de conduta do navio. Eles casaram-se, mas pouco tempo depois a tripulação foi feita prisioneira e condenada à forca em St. Jago de la Veja,na Jamaica, a 18 de Novembro de 1720. Mary não sofreu com o carrasco pois morrera algumas semanas antes de febre por causa das duras condições das celas em que a tripulação fora jogada.

Afinal...Quem de Facto Encontrou Machu Picchu?

Misterios

Quando os locais peruanos Hiram Bingham levaram a Machu Picchu em 1911, foi uma descoberta que faria o famoso professor de Yale, altamente respeitado e rico.
Depois disso,Bingham tornou-se um governador de Connecticut e membro do Senado dos EUA, e o seu livro sobre Machu Picchu tornou-se um bestseller. Tal era a sua fama na arqueologia do início do século 20, que alguns têm especulado que Bingham foi a inspiração para o personagem Indiana Jones.
Mas a afirmação de Bingham ter sido o primeiro a descobrir cidade perdida dos Incas está agora tornando-se um pouco duvidoso. Investigações detalhadas por um historiador dos EUA revelou que Machu Picchu foi, na verdade, descoberto mais de 40 anos,antes de Bingham,por um empresário alemão.
Pouco se sabe sobre Augusto R Berns, um empresário obscuro, perdido na história, mas documentos encontrados nos EUA e arquivos Peruanos pelo historiador Americano Paolo Greer, revelam que Berns descobriu o local mais famoso do Peru ,Machu Picchu e seus arredores imediatos,apartir de 1860 .
Berns tinha criado uma empresa de produção de transporte ferroviário no Peru, e deparou-se com as desconhecidas ruínas de Machu Picchu, após a compra de terras vizinhas para cortar árvores para madeira. Ele explorou as ruínasda cidadela/montanha entre 1867 e 1870.
Nos arquivos do Peru, documentos escritos por Berns e descoberto por Greer revelam como os alemães encontraram várias estruturas subterrâneas seladas. Berns calculava que "sem dúvida haveria objetos de grande valor",talvez os "Tesouros dos Incas".
A sua empresa, tinha o apoio de algumas das pessoas mais importantes do Peru, incluindo o presidente do País na época, Andrés Avelino Cáceres.
Em 1887 o governo peruano autorizou a pilhagem de Machu Picchu, fazendo um acordo com Berns que lhe permitia exportar o material, desde que ele doasse ao governo ,10 por cento. Um dos parceiros de Berns nos negócios da empresa parece ter sido o diretor da Biblioteca Nacional do Peru. O vice-presidente da empresa de Berns era um professor de patologia numa universidade em Lima, um colecionador de antiguidades que acabara por vender sua coleção para um museu em Berlim.
Machu Picchu foi construída no século 15 pelo Imperador Inca Pachacuti, que foi certamente enterrado lá,quando ele faleceu,em 1471.
Talvez o Templo do Sol e a tumba de Pachacuti tivessem sido adornados com quantidades significativas de ouro.
Enquanto a maioria do ouro foi, provavelmente, retirado em 1532,numa tentativa vã de resgatar o Imperador Inca, Atahualpa, que havia sido capturado pelos Conquistadores Espanhóis, é concebível que Berns tivesse encontrado grandes quantidades de cerâmica de alto status,além de outras peças valiosas .
Misterios
Greer, que lançou uma pesquisa internacional para os Tesouros perdidos do Incas, localizou uma lista de 57 contatos americanos, britânicos e outros contactos potenciais de Berns e que podem ter comprado antiguidades que este encontrara em Machu Picchu. Mas até agora nenhuma lista de achados foi descoberta e as investigações irá continuar,desde os EUA até á Europa para tentar localizar os tesouros perdidos em coleções particulares. Os resultados de Greer serão publicados numa próxima edição da revista South American Explorer.
De facto dá que pensar...mais um dos muitos casos da História e Arqueologia,em que certos estudiosos ficam com os louros da fama de outros...!!!