sexta-feira, 4 de novembro de 2011

A Sala de Ambâr,Um Mistério Imperial

Enigmas

Quando Catherine entrou na Sala de Âmbar parou maravilhada ante tanta beleza.Depois de a ter visto em São Petersburgo,queria movê-la totalmente para o seu palácio em Tsarskoye Selo. Setenta e seis soldados foram necessários para levá-la, painel para painel durante seis dias.A sala tinha sido pintada da mesma cor de mel.E no final,era a sua maravilha. A todos consideravam desde então,como a "Oitava Maravilha do Mundo".

Esta sala tinha sido removida pela primeira vez desde Charlottenburg, Berlim,para São Petersburgo, a residência Imperial do czar Pedro, o Grande,no ano de 1717 como um presente do Imperador Alemão Friedrich Wilhelm I da Prússia.
Em 1758 a Imperatriz Catarina mandou trazer especialmente de Florença,4 mosaicos, para completar o trabalho, e encomendou o trabalho ao Mestre Rastrelli.Encaixou-se entre outros móveis,uma cómoda que havia sido feita por alguns carpinteiros de Berlim,em 1711.
Curiosamente, quase 250 anos depois que foi instalada a Sala de Âmbar,no Palácio de Catherine, a única coisa que se conserva é essa cómoda, que apareceu em 1997 num armazém abandonado,do Museu de Artes Aplicadas em Berlim, e um dos mosaicos Florentinos, chamado "Os Sentidos do Tacto e Olfato" que um certo Achtermann tentou vender nesse mesmo ano, por 5 milhões de marcos, depois de o ter encontrado no sótão da sua casa.

Mas como ele desapareceu???? O que aconteceu com aquela grande maravilha Imperial de Âmbar e que é feito dela???

O que se sabe é que durante a Segunda Guerra Mundial, os alemães, ávidos por colecionar obras de arte por todo o Mundo,saquearam o Palácio de Catarina após chegarem à cidade russa. E uma das salas que foram totalmente desmontadas foi precisamente a famosa Sala de Âmbar.Decorria o ano de 1941, quando os soldados da Wehrmacht levaram todos os painéis para o Castelo de Königsberg. No entanto, esta não seria a sua última translação...4 anos depois, prestes a cair o regime Nazista, a Sala de Âmbar foi novamente transferida para um local desconhecido.
Foi a última pista sobre aquela maravilha. A partir desse momento começaram a surgir as Lendas que deram vida a este Mistério.Foram contadas todos os tipos de histórias, mas talvez a que foi mais bem estabelecida é que os painéis acabaram numa mina perto do Mar Báltico, onde eles,talvez,foram queimados . Teorias foram se tornando mais fortes, e não muito tempo atrás, Peter Haustein, um amante da Arqueologia, bem como um estudioso alemão,procurou por dez anos a Sala de Âmbar e encontrou e decifrou alguns documentos de um oficial Alemão,da Luftwaffe,já falecido.
De acordo com esses documentos, sob uma mina abandonada perto da fronteira com a República Checa,em Deutschneudorf, havia sido escondido um grande tesouro de livros e jóias valiosas, saqueadas pelos Nazistas durante a guerra, e entre eles, poderia estar o famoso âmbar quarto.Assim,as escavações começaram,para tentarem localizar esse Tesouro oculto ...

Sem comentários:

Enviar um comentário