sexta-feira, 20 de julho de 2012

Terão os Cientistas Encontrado a Prova da Existência do Yeti?

Pegadas de 45 cm,do Yeti(ou Homem das Neves) foram encontradas no sul da região de Kemerovo,nas montanhas de Shoria, na Sibéria. Um grupo de Cientistas dos Estados Unidos,Canada e de outros Países,aceitaram o convite do Governador de Kemerovo,para uma investigação profunda,em busca do yeti,nas montanhas.
As evidências que encontraram levam-nos a estar convictos 95% da sua Existência!!!
Além de pegadas  e de pêlos ondulados cinzentos e mais escuros,na parte inferior,encontraram mais coisas;

"Eles encontraram as suas pegadas,a sua suposta cama e diversas marcas com que o Yeti,marca o seu territorio",disse o porta-voz."Os objectos serão analizados num Laboratorio especial."-continuou.

Antes da Investigação houve imensas pessoas que viram as criaturas Enigmáticas,e a Gruta "Azasskaia" e o monte "Karatag",eram 2 dos locais onde eram frequentemente ligados.
Em Shoria, as pegadas são encontradas periodicamente, tendo o Yeti passado à categoria de Turístico Regional.Desde o ano passado,promove-se aí uma festa  que assinala o início da temporada de esqui. As lembranças com imagens do Yeti estão à venda nas lojas e nos centros comerciais.
Group of International Scientists 95 Percent Sure Evidence Supports Yeti in Russia

A análise veio confirmar que o Yeti de Kuzbass Siberiano não é uma Criatura Mítica, sendo a sua pelagem idêntica à dos Homens de Neve descobertos há dezenas de anos na Califórnia, na região de Leningrado e nos Urais, refere Valentin Sapunov, da Academia das Ciências de Nova Iorque, participante da expedição.

"A semelhança é mais do que evidente. Claro que naqueles sítios pode ter havido alguma confusão nas buscas e conclusões. Mas não se confundir coisas quando se trabalha na mesma área de investigações e quando os resultados das pesquisas demonstram os resultados idênticos."

As provas realizadas até hoje aparentam a semelhança morfológica entre os pêlos, o que leva a pensar que os Yetis de várias zonas são indivíduos da mesma espécie.
Os cientistas do Instituto Zoológico procuram efectuá-la com base na pelagem do Yeti Siberiano. Como se sabe, foram mal sucedidas as tentativas anteriores de fazer tal análise no caso dos Homens de Neve detectados na região de São Petersburgo e nos montes Urais.
O ilustre professor catedrático Brian Sax, da Universidade de Oxford, insiste em que seja levada a cabo uma pesquisa objectiva sobre o assunto.
Utilizando tecnologias avançadas, pretende tirar conclusões com base em determinados factos e materiais disponíveis. Na fase inicial, Sax quer experimentar com os presumíveis restos mortais do Yeti que se encontram no Museu Zoológico de Lausana.

Sem comentários:

Enviar um comentário