quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Estátua Tibetana Com Mil Anos Esculpida Num Meteorito


A Estátua Budista,da Cultura Bön,do século XI,que foi Descoberta em 1938 por uma expedição de Cientistas Alemães que se deslocaram ao Tibete em busca de uma hipotética origem da "Raça Ariana" no Tibete e, foi esculpida num Meteorito. Ignora-se em que circunstâncias os Nazis encontraram a Estatueta, mas é provável que a grande Cruz Suástica que ornamenta o seu peito, os tenha incitado a levá-la para a Alemanha.
A obra de Arte fazia parte de uma Coleção privada em Munique e só depois de ser vendida num leilão, em 2009,é que se tornou acessível aos Investigadores,uma equipa do Instituto de "Planetologia da Universidade de Estugarda", dirigida por Elmar Buchner. O estudo,foi agora publicado no "Meteoritics and Planetary Science",revelando que o Meteorito é um "Ataxito", uma classe muito rara de "Sideritos", que contém alta quantidade de Níquel.

 "A estátua foi esculpida num fragmento de Meteorito que caiu na fronteira entre a Mongólia e a Sibéria há cerca de 15 mil anos", explicou Buchner em comunicado.-"Oficialmente, os primeiros fragmentos desse Meteorito foram descobertos em 1913 por exploradores de ouro, mas nós pensamos que aquele fragmento foi recolhido muitos séculos antes."

Segundo Buchner, a estatueta do "Homem de Ferro",como é conhecida, data do século XI ,pesa 10 kg e representa Vaisravana, o Chefe dos 4 Reis Celestiais, também chamado "Jambhala", no Tibete...é uma das mais importantes figuras da Mitologia Tibetana.
Até hoje,é a unica estátua feita,neste material,que representa uma figura Humana.

Sem comentários:

Enviar um comentário