quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Vulcano,o Planeta Misterioso

Imagen del perihelio y afelio en la orbita alrededor del Sol
No século XIX,o Mundo reconhece Newton como um génio e todos os Planetas rolam nas suas órbitas seguindo as suas leis. Todos?? Não. Mercúrio, um Planeta pequeno tem uma trilha impossível de explicar. A única explicação que parece razoável é que existe um outro pequeno Planeta desconhecido entre o Sol e Mercúrio  e que altera a sua órbita.

Os Planetas têm órbitas mais ou menos elípticas,isto é, eles não rolam em círculos mas ovalmente. O ponto mais próximo do Sol é chamado Periélio e  o ponto mais longuínquo é Afelio. O problema é que o periélio de Mercúrio muda um pouco em cada órbita ao redor do Sol...Falha da lei da Gravitação Universal?


Não era fácil desistir dela. A lei da Gravitação Universal foi uma das conquistas mais importantes da Ciência. Uma fórmula Matemática,simples e elegante que tinha conseguido explicar um aspecto muito importante do Mundo exterior. Esta explicação do movimento Planetário foi aplicado noutros corpos, como Asteróides e Cometas com sucesso. Parecia perfeita, mas não conseguiu, entre outros, com Mercúrio.
Antes de jogar fora uma Teoria tão bem sucedido, o Astronomo Francês Le Verrier propôs a existência de um pequeno Planeta que perturbava a sua órbita. Não foi a primeira vez... Le Verrier fez uma Previsão semelhante com base nas irregularidades da órbita de Urano. E os seus cálculos permitiram localizar o Planeta Neptuno. A soma do enorme Prestígio de Le Verrier, o sucesso da Descoberta de Neptuno e a absoluta confiança da Lei de Newton levou muitos Astronomos a  tentar a difícil tarefa de encontrar o corpo.Até sugeriram um nome, Vulcano, que pareceu apropriado, dada a proximidade com o Sol e a alta temperatura que devia sofrer. Mas encontrar algo tão pequeno e tão perto do Sol estava no limite do que a tecnologia poderia localizar,nessa altura.
 No entanto, haviam aqueles que pensavam que conseguiriam,Edmond Lescarbault, um Astronomo Amador, alegou tê-lo encontrado e Le Verrier acreditou nessa Descoberta,até á sua morte. O problema é que outros Astronomos mais Prestigiados e com melhores instrumentos não conseguiram encontrá-lo. 
 
E, por outro lado, ainda não havia nenhuma explicação adequada para os movimentos de Mercúrio.
O Mistério continuou durante meio século, até que Einstein formulou a sua teoria da Relatividade Geral. sua nova interpretação da Gravidade implicava pequenas mudanças na órbita calculada que correspondia exactamente com os movimentos de Mercúrio. Para os outros Planetas eram mudanças muito pequenas e não foram detectadas alterações. Vulcano entrou para a lista de satélites e planetas hipotéticos de nosso Sistema Solar.
Quanto a Mercurio a sonda espacial Messenger, da NASA, descobriu evidências de água gelada nos pólos de Mercúrio. A co-autora do estudo sublinhou, no entanto, que os resultados são só uma indicação e ainda não estão comprovados.
Messenger é a segunda sonda a visitar o planeta mais próximo do Sol, depois de a Mariner 10 o ter feito na década de 70. Desde que entrou em órbita, registou cerca de 100 mil imagens que revelaram novas informações sobre o planeta, incluindo sua topografia e a estrutura do núcleo, diferente de qualquer objecto rochoso já estudado.
A missão Messenger revelou também um Mercúrio menos montanhoso que Marte e do que a Lua, através de um estudo do relevo no Hemisfério norte.

"A característica mais proeminente é uma extensa área de terras baixas situadas nas altas Latitudes do Norte e que hospeda as planícies Vulcânicas daquela região", explicou Maria T. Zuber, cientista do Instituto de Tecnologia de Massachusetts e uma das autoras dos artigos publicados na "Science".

Sem comentários:

Enviar um comentário