segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

7 Coisas Que Não,Você,Não Sabia Sobre Joana D'Arc...


1-O nome verdadeiro de Jeanne d'Arc poderia ser Jehanne Tarc, Jehanne Romée ou possivelmente, Jehanne de Vouthon, mas ela nunca usou qualquer um destes.

Juana não veio de um lugar chamado Arc, como a anglicanização Típica do nome do seu pai, d'Arc (às vezes traduzido como Darc ou Tart), poderia implicar. Joana cresceu em Domrémy, uma Aldeia no Nordeste da França, e era a filha de um Fazendeiro. Durante o seu julgamento diante de um tribunal Eclesiástico em 1431, Joana refere-se a si mesma como "Jehanne,la Pucelle" (Joana ,a Donzela) e, inicialmente, disse que não sabia o seu Sobrenome. Mais tarde, ela afirmou que o seu pai chamava-se Jacques d'Arc e Isabelle Romée sua mãe, acrescentando que na sua Cidade Natal, muitas vezes as filhas tomavam o Sobrenome da sua mãe. Na França Medieval, onde o Nome da família nãoera muito usado, "Romée" simplesmente designava uma pessoa que tinha feito uma Peregrinação a Roma ou  outro Destino Religioso. Algumas fontes sugerem que o nome da mãe de Joana era  Isabelle de Vouthon.

2-Actualmente, alguns médicos e pesquisadores têm diagnosticado Joana d'Arc com doenças que vão de epilepsia a esquizofrenia.

Com a idade de 12 ou 13 anos de Joana começou a ouvir vozes e ter Visões que ela interpretava como Sinais de Deus. Durante o Julgamento, afirmou que os Anjos e Santos, ao principio disseram-lhe para assistir à Igreja e viver piedosamente. Mais tarde encarregaram-na de salvar a França da Invasão Inglesa e restaurar o Trono com o rei Charles VII, herdeiro legítimo da coroa. A Donzela alegou que uma Luz Brilhante, muitas vezes acompanhava as suas visões e ouvia as vozes mais claramente quando os sinos tocavam. Com base nesses dados, alguns Especialistas sugerem que Joana sofreu numerosos transtornos Neurológicos e Psiquiátricos que eram o que causavam as suas alucinações, tais como enxaqueca, transtorno bipolar e lesões cerebrais diferentes, para citar alguns. Outra teoria sustenta que contraiu tuberculose bovina, que pode causar convulsões e demência, de beber leite não pasteurizado desde a infância.

3-Como Comandante do Exército Francês, Joana não participou activamente nas Batalhas.

Embora ela tenha sido lembrada como uma "Corajosa Guerreira" e uma Heroina da "Guerra dos Cem Anos", Joana d'Arc nunca esteve envolvida numa batalha ou matou qualquer inimigo. Acompanhava os seus Homens como uma espécie de Mascote,dando-lhes Encorajamento brandindo uma Bandeira em vez de uma Arma. Também desenvolveu Estratégias Militares, dirigindo Tropas e propôs soluções Diplomáticas para o Conflito com os Britânicos. Apesar de ficar longe das linhas de frente, Joana foi ferida pelo menos 2 vezes;uma seta num ombro durante a Campanha  de Orleans e outro na coxa durante a tentativa frustrada de libertar Paris.

4-Joana d'Arc tinha Mau Genio.

Assim que assumiu o controle do Exército Francês, Joana não hesitou em repreender Cavalheiros de prestigio por irem mal vestidos, por um comportamento indecente ou  por não comparecer á Missa. Mesmo os seus oficiais  foram acusados de falta de carácter nas suas negociações com os Britânicos. Segundo uma Testemunha no seu julgamento, Joana uma vez deu uma bofetada a um Soldado Escocês que se juntou á França durante a Guerra, pela ingestão de carne que havia  roubado. As prostitutas que seguiam o Exército foram escurraçadas pela espada,ferindo uma ou duas no processo. Quando a estavam  julgando,um padre com um Sotaque Regional perguntou-lhe em que Língua falavam-lhe as vozes, ela disse que falavam Francês muito melhor do que ele.

5-Ao contrário da Crença popular,Joana d'Arc não foi queimada por Bruxaria, pelo menos não tecnicamente...

Depois de cair nas mãos inimigas Joana foi julgada em 1430 na Fortaleza de Rouen por um Tribunal Eclesiástico. As 70 acusações contra ela íam desde a Feitiçaria até roubar cavalos, mas em 1431 reduziram-se  para 12, principalmente em relação ao uso de roupas masculinas e dizer que Deus falava directamente com ela. Ofereceram-lhe uma Sentença de Prisão Perpétua em troca de admitir a sua culpa, e assinaram um Documento em que ela confessava os seus pecados  e prometia mudar as suas maneiras. Vários dias mais tarde, possivelmente devido a ameaças de estupro pelos seus carcereiros, voltou a vestir as suas roupas Masculinas. Os juízes que a visitaram irritaram-se e ela disse que tinha ouvido as vozes novamente. Essas ações lhe rendeu uma condenação por "Herege Relapsa" e enviada para a Fogueira.
6-Entre 1434 e 1440 os irmãos de Joana fizeram uma Impostora fingir a sua irmã, alegando que ela havia escapado da Execução.

Uma das várias mulheres que se fizera passar por  Joana depois de sua morte, Claude des Armoises, tinha alguma semelhança com ela, e supostamente havia participado nas Campanhas Militares vestida de homem. Ela e dois dos irmãos de Joana, Jean e Pierre, conceberam um plano em que Claude apareceu em Orleans dizendo que ela tinha fugido dos seus Captores e  que havia se casado com um Cavalheiro,e que vivia na Clandestinidade. O trio recebeu presentes de Luxo e foi convidado para as partes, até que finalmente, Claude admitiu o engano a Charles VII, cuja ascensão ao Trono em 1429 havia Joana dirigido. Apesar do seu envolvimento no esquema, Jean e Pierre tiveram um papel fundamental no sucesso da Petição ao Papa Calisto III para um novo julgamento que foi feito a Joana.

7-Joana d'Arc inspirou o popular corte de cabelo "Bob", que tornou-se Moda em Paris, em 1909.

 Em 1909, um Cabeleireiro Polaco conhecido como Monsieur Antoine-uno dos mais famosos de Paris, começou a utilizar esse corte nas suas clientes  e chamou de "Bob", citando Joana d'Arc como a sua inspiração.Esse penteado tornou-se moda nos anos 1920.

Sem comentários:

Enviar um comentário