terça-feira, 16 de abril de 2013

As Diferenças Entre a Via Láctea e Nossa Vizinha Andrômeda...

A nossa Via Láctea e Andromeda são irmãs;ambas são grandes espirais que dominam nosso grupo local de Galáxias.Ambas têm quase a mesma massa total e até hoje, acreditámos que fossem quase gemeas.
Mas...

“Conforme olhamos mais detalhadamente, observamos que elas são bem diferentes”, afirma o Astrofísico Alan McConnachie, do Instituto Herzberg de Astrofísica, em Vitória, Canadá.

Andromeda é mais brilhante, com um disco mais amplo de Estrelas. O Buraco Negro do seu coração é cem vezes maior que o nosso e, enquanto nossa Galáxia é coberta por aproximadamente 150 dos mais brilhantes cúmulos globulares (coleção esférica de Estrelas que orbita o núcleo Galáctico tal qual um Satélite), Andromeda exibe mais de 400.
Em 2007, o Astrofísico François Hammer e os seus colegas, do Observatório de Paris, na França,  compararam Andromeda e a nossa Galáxia com amostras de Galáxias mais distantes.
Eles descobriram que, enquanto Andromeda é uma espiral bem simétrica e ajustada, a Via Láctea é excêntrica e estranha; mais escura e calma do que todas as outras Galáxias, com excepção de umas poucas colegas.
Isso provavelmente acontece porque espirais típicas, como Andromeda, são transformadas por colisões com outras Galáxias durante o seu tempo de Vida. Esses eventos violentos balançam os gases da Galáxia e formam novas Estrelas e cúmulos globulares, que agitam o disco de maneira que se espalhe mais, enviando alguns gases e Estrelas que mergulham no coração da Galáxia para alimentar um Buraco Negro central mais poderoso.
Ao contrário, a nossa Via Láctea vive relativamente sem maiores perturbações. Se não fossem alguns poucos encontros com algumas poucas Galáxias, como a Anã de Sagitário, a qual a Via Láctea está devorando lentamente, não veríamos muita acção por aproximadamente 10 bilhões de anos.
Talvez por este mesmo factor, o de vivermos numa região estável, é que temos a possibilidade de notar as diferenças. Espirais mais perturbadas sofrem mais explosões de Supernovas – explosões poderosas por expulsar para o espaço até 90% da matéria de uma Estrela –, o que as tornam nada propícias para habitar tipos de vida complexa...

Sem comentários:

Enviar um comentário