sexta-feira, 24 de maio de 2013

A Verdadeira Historia dos Borgias 1...

Séparateur
Está ainda a ser transmitida a 3ªTemporada da Serie "Os Borgias",uma Serie Historica que gosto imenso e onde tudo o que está a ser narrado na Historia é verdade,mesmo o incesto chocante(para algumas pessoas...)entre os 2 irmãos Cesare e Lucrezia Borgia.Alguns Historiadores afirmam que foram boatos que os inimigos dos Borgia levantaram,outros afirmam que foi verdade...
Depois de ter lido,imensos livros sobre os Borgia(especialmente de Rodrigo,Cesare e Lucrezia...Para mim,os mais fascinantes da Familia!!!), acredito que sim,que foi verdade,pois estes irmãos eram increvelmente proximos,estilo Almas Gemeas e Cesare,algumas vezes para proteger a irmã e outras vezes movido pelo ciume,matou mesmo,para defender a irmã,incluindo,o seu irmão Giovanni,o 1º marido de Lucrezia e o 2º...
Séparateur
Mas para não antecipar a historia,começamos pelo inicio;

Os Borgia;

Os Bórgia ou Borja foram uma família nobre Espanhola-Italiana que se tornou proeminente durante o Renascimento.
Tornaram-se proeminentes nos assuntos eclesiásticos e políticos nos séculos XV e XVI, produzindo três papas, Alfons de Borja, que governou como Papa Calisto III, durante os anos 1455-1458, Rodrigo Lanzol Borgia, como Papa Alexandre VI, durante os anos 1492-1503, e Giovanni Battista Pamphilj (descendente de Rodrigo Borgia), que governou como Papa Inocêncio X, durante os anos 1644-1655. 
Especialmente durante o Reinado de Alexandre VI, foram acusados de vários crimes, incluindo adultério, simonia, roubo, estupro, corrupção, incesto e assassinato(especialmente homicídio por envenenamento por arsenico ).


Membros da Familia;

Alfonso de Borja (Papa Calixto III)
Francisco de Borja y Navarro de Alpicat
São Francisco de Borja e Aragão
Gaspar de Borja y Velasco
Rodrigo Bórgia (Papa Alexandre VI)
Giovanni Borgia (1474)
Cesare Borgia
Lucrezia Borgia
Gioffre Borgia
Giovanni Borgia (1498)


A chegada de Rodrigo Borgia ao Papado levou a família a participar de uma série de intrigas e disputas entre os vários pequenos estados em que a Itália estava dividida na época. Os Sforza, Orsini, Farnese,foram aliados ou inimigos dos Bórgias.
Os Bórgias passaram para a história graças à sua inteligência para sair de situações que pareciam perdidas. Com a morte de Alexandre VI em 1503 (provavelmente envenenado por quem mais tarde se tornou o seu Sucessor no trono de Roma), seu filho Cesare (que inspirou o Florentino Nicolau Maquiavel,que o admirava, a escrever "O Príncipe"), teve de fugir de Roma e faleceu em Viana, Navarra, lutando ao lado de seu cunhado João III de Navarra, Rei de Navarra. Por seu lado, Lucrezia Borgia em Ferrara,foi tutora das artes,vivendo uma vida calma,até falecer de parto.

Séparateur



Rodrigo Borgia;

Alexandre VI, nascido Rodrigo de Borja, italianizado em Roderico Borgia (Xàtiva, 1 de Janeiro de 1431 — Roma, 18 de Agosto de 1503) foi o 214º papa da Igreja Católica, de 10 de Agosto 1492 até a data da sua morte . Natural de Valência , estudou na Universidade de Bolonha.
O nome de sua família foi elevado ao Vaticano com a eleição do seu tio materno, Afonso Bórgia, como Papa Calisto III, por quem foi feito Cardeal. Foi sucessivamente elevado a cargos de mais qualidade;Bispo, Cardeal e Vice-Chanceler da Igreja.Tornou-se um grande diplomata após servir à Cúria Romana durante cinco Pontificados, adquiriu experiência administrativa, influência e riqueza, mas não grande poder.

Os seus pais eram Jofre Lançol e Isabella Bórgia, irmã do Cardeal Alfonso Borja . Seu relacionamento com a Dama Romana Vannozza dei Cattanei começou em 1470, e eles tiveram quatro filhos;Giovanni( Juan), Cesare, Lucrezia e Geoffre(Jofre), nascidos, respectivamente, em 1474, 1476, 1480 e 14821 . Outros filhos foram Girolama, casada com um Nobre Espanhol, e Pedro Luis, que se tornou Duque de Gandia, mas morreu logo, passando o Ducado para Giovanni, o mais velho dos filhos de Vanozza . Um de seus filhos casou-se com a filha do Rei Alfonso II de Nápoles, mas a aliança ficou em perigo pelas ambições de Carlos VIII da França, que reivindicava o Trono de Nápoles.

Conclave de 1492;

Rodrigo Bórgia usou a sua fortuna e promessas para comprar a maior parte dos votos dos vinte e três Cardeais quando se realizou o Conclave para definir a Sucessão do Papa Inocêncio VIII. No Conclave houve três Candidatos; ele próprio, Ascanio Sforza e Giuliano della Rovere. Reuniram-se em Agosto de 1492, na Capela apelidada Capela Sistina, por ter sido construída pelo Papa Sisto IV, adornada com obras-primas de Botticelli, Pinturicchio, Ghirlandaio e Michelangelo. A eleição foi definida na madrugada de 10 para 11 de Agosto. A Coroação deu-se em 26 de Agosto, Rodrigo Bórgia tinha 60 anos, adoptou o nome de Alexandre VI (em Latim, Alexander VI), e teve a infeliz distinção de ser considerado, por muitos, o pior de todos os Papas.

Papado; 

O Papado de Alexandre VI começou tranquilo, mas não tardou que se manifestasse a sua ganância em Sacrificar todos os interesses em favor da Família. Nomeou Cardeais o seu filho de 16 anos, Cesare Bórgia, os seus sobrinhos Francisco Borgia e Juan Lanzol de Bórgia de Romaní, um primo deste último Juan Castellar y de Borgia (Giovanni), os seus sobrinhos-neto Juan de Borja Llançol de Romaní, o menor, Pedro Luis de Borja Llançol de Romaní e Francisco Lloris y de Borja e o cunhado do seu filho Cesare, Amanieu d'Albret.

O cardeal Della Rovere acusou-o de simonia, e trouxe o Rei Francês Carlos VIII para depô-lo, mas Bórgia fez um acordo, permitindo o trânsito dos Exércitos Franceses, e foi reconhecido como Papa pelo Rei.Enquanto isso, ele negociou com o Imperador Alemão Maximiliano I e os Governantes da Espanha e Veneza numa Aliança, que derrotaram os Franceses.
Um de seus acusadores era o Frei Dominicano Girolamo Savonarola, que havia conseguido reformar Florença através de muita coragem e uma brilhante oratória.Rodrigo conteve-se, diante dos ataques de Savonarola, até que, enfraquecido por ter repetidamente quebrado o seu voto de obediência ao Chefe da Igreja, Savonarola foi Excomungado. No entanto,continuou os seus ataques sucessivos e a ministrar a Comunhão,e ofereceu-se para caminhar nas chamas  afim de,provar que ele tinha a palavra de Deus. Um outro Frei Dominicano ofereceu-se para ir junto, porém quando quando ía acontecer  a ocasião, e a multidão estava ansiosa para assistir a um Milagre ou uma Tragédia, o Frei recusou-se a entrar nas chamas, e a influência de Savonarola diminuiu.

Um dos maiores desgostos  de Rodrigo,foi quando seu filho, o Duque de Gandia, foi assassinado, cujas suspeitas recaiem sobre o filho seguinte Cesare Bórgia; quando seu corpo, mutilado, foi encontrado no Rio Tibre, Papa, entristecido, clamou que isto era uma Punição por todos os seus Pecados. Após a morte do filho, Alexandre convocou os Cardeais para reformar a Igreja e acabar com o nepotismo,mas as reformas não foram adiante.
Seu Pontificado é um paradigma de corrupção Papal ocasionada pela invasão secular dentro da Igreja, mais tarde esse facto foi tido como desculpa para a separação dos Protestantes. Alexandre VI foi, sem dúvida, um Papa Corrupto, pouco dado às Virtudes Cristãs. 
 Durante o seu Pontificado, foram decretadas as Bulas Alexandrinas, tratados responsáveis pela divisão das possessões Portuguesas e Espanholas no Mundo. Dentre eles, vale destacar as bulas "Inter Coetera", "Eximiae Devotionis" e "Dudum Siquidem". As negociações Ibéricas iriam desembocar no famoso Tratado de Tordesilhas que confirmaria a divisão do Mundo entre Portugal e Espanha e seria contestado por outros Monarcas, dos quais o mais famoso foi Francisco I de Angoulême, Rei da França.

Morte;

Durante o Verão de 1503, Alexandre e Cesare ficaram gravemente doentes; o filho conseguiu se recuperar, mas o pai morreu,devido a uma epidemia de febre durante esse Verão em Roma.
Seu Funeral foi breve e sem grandes comemorações, tendo sido Sepultado com a seguinte epígrafe em seu Túmulo na Espanha; 

"Aqui Jaz Alexandre VI, que foi Papa". 

O seu Túmulo encontra-se na "Igreja de Santa Maria in Monserrato".
Séparateur
Giovanni Borgia;

Giovanni Bórgia,( Juan de Borja y Cattanei ), II Duque de Gandía (1474-1497) foi filho do Papa Alexandre VI e irmão de Cesare Bórgia,Lucrécia Bórgia e Gioffre Bórgia. Giovanni,  era o mais velho dos quatro do filhos do Papa com Vannozza dei Cattanei.
 Devido a uma série de bulas Papais emitidas após seu assassinato, não fica claro se Giovanni nasceu em 1476 ou 1477, mas muitos acreditam que ele era o filho mais velho ao invés de Cesare.
Giovanni Borgia nasceu provavelmente em Roma quando Rodrigo era então Cardeal, e a sua amante Vannozza dei Cattanei,era ainda  casada com Domenico da Rignano. 
Giovanni casou-se com Maria Enriquez de Luna, a noiva Espanhola do seu falecido meio-irmão mais velho, Pedro Luis, em Setembro de 1493. Ele foi feito II Duque de Gandía, Duque de Sessa, Grande Condestável de Nápoles, Governador de São Pedro, e Gonfaloneiro e Capitão-geral da Igreja.
Ele foi assassinado na noite de 14 de Junho de 1497 próximo do que posteriormente se tornou a Piazza della Giudecca no Gueto Romano. Cesare Bórgia é suspeito de ter cometido o assassinato. ,no entanto, há um outro rumor que o seu irmão mais novo Gioffre Bórgia o assassinou devido á relação de Giovanni com Sancha de Aragão, a esposa de Gioffre.O seu corpo ricamente vestido foi retirado do Rio Tibre, com 30 Ducados de ouro intactos na bolsa no seu cinto,por isso não foi morto por roubo. 
Giovanni e Maria tiveram dois filhos; Juan de Borja y Enríquez (conhecido como Juan Borgia) , que se tornou o III Duque de Gandía, e Francisca de Jesus Borja, que se tornou uma Freira de um Convento em Valladolid. Este segundo Juan foi o pai de São Francisco de Borja.
Séparateur
Cesare Borgia;

Cesare Bórgia, Duque de Valentinois, (Roma, 13 de setembro de 1475 - Viana, 12 de Março de 1507), Cesare Borgia, Duca Valentino em Italiano. Foi  Cardeal e Nobre Italiano da Renascença Europeia. Filho de Rodrigo Bórgia(Papa Alexandre VI ), com Vannozza dei Cattanei1 . Entre os seus irmãos estão Giovanni Bórgia,Duque de Gandia,(também conhecido como Juan), Lucrécia Bórgia e também Gioffre Bórgia (ou Jofre). Além dos quatro mais conhecidos filhos de Rodrigo, existiram também meios-irmãos de mães desconhecidas, e entre eles está Pedro Luís de Borja e Girolama Borja.
Após o assassinato do seu irmão Giovanni(pensa-se que por ele...), Cesare abandona a carreira Religiosa para tornar-se um homemde armas,como sempre desejou(carreira que tinha sido oferecida,por seu pai,a Giovanni), onde é nomeado Duque de Valentinois. 
Cesare casou-se,mais tarde, com a Francesa Charlotte de Albret, e teve com ela uma filha, Luisa Bórgia. Conviveu imenso,com figuras como Leonardo da Vinci e Nicolau Maquiavel. Seu poder e influência enfraqueceram após a morte do seu pai, o Papa Alexandre VI, e a substituição do mesmo pelo Papa Júlio II, inimigo dos Bórgias. Cesare chegou a ser preso, mas escapou da prisão, e foi morto em Batalha, na cidade de Viana, na Espanha.

A Vida de Cesare Borgia;

Nascido em Roma, em Setembro de 1475, como a maioria dos segundos filhos da Nobreza Italiana, foi educado desde os seus primeiros anos para se tornar um homem da Igreja. Indubitavelmente seu carácter não era de um Religioso.Como o pai, Cesare era um sensual, e as suas ligações Femininas são amplamente reconhecidas desde a sua adolescência. Era muito proximo da irmã,Lucrezia,como duas almas gemeas e foi seu amante.Quanto às suas relações com os outros irmãos, é sabido que Cesare não era muito amigável com Giovanni,detestavam-se,se não mesmo,odiavam-se.
Abandona a carreira eclesiástica (para a qual tinha pouco gosto), utilizando como justificativa o assassinato do irmão Giovanni, o qual deveria substituir nos assuntos temporais (Giovanni era Capitão das forças Militares do Papado). 
Feito Duque Valentino em 1498 pelo Rei Luís XII de França, que queria um Papa aliado, Cesare Bórgia tornou-se modelo para o livro "O Príncipe", de Maquiavel , com quem conviveu durante um tempo. Calculista e violento, tentou, com o apoio do pai, constituir um principado na Romanha em 1501 .Leonardo da Vinci,trabalhou para ele como Engenheiro e Arquitecto. Fornecia ao mesmo tempo,passe ilimitado para inspecionar e orientar toda a construção em andamento e planejadas no seu domínio.
No dia 31 de Dezembro de 1502, para se livrar de seus inimigos (entre eles, Oliverotto de Fermo), convidou-os para o seu palácio de Senigallia, depois aprisionou-os e assassinou-os. Após a morte do seu pai, foi encarcerado sucessivamente pelo Papa Júlio II e pelo Rei de Castela . Escapando daquele Reino, serviu como Soldado no exército de Navarra (que tinha por Rei o seu cunhado), e morreu aos 31, no ano de 1507, em Viana, na Espanha . Encontra-se sepultado na "Iglesia de Santa María de Viana", Viana,Navarra,Espanha.


(Continua...)
Séparateur

1 comentário:

  1. <3 Awesome Post Dearest Cris, So Nice To Find This Beautiful Series Here, And Still I Wanted Some More, All Thumbs Up, Love and Kissesssssss...

    ResponderEliminar