terça-feira, 28 de maio de 2013

Horrores Cometidos Pelos Japoneses na 2ª Guerra Mundial...

Esta Historia,Verdadeira,recentemente Descoberta,apenas não deve ser lida por corações mais sensiveis,pois de facto é Horrorosa...

Um historiador Japonês, Yuki Tanaka,numa busca  de factos Historicos da 2ª Guerra Mundial,para o seu livro;"Hidden Horrors"descobriu em Documentos Classificados Australianos,que narravam Historias horrorosas de Canibalismo do exercito Japonês com pormenores Macabros...
Cerca de 160 mil Japoneses Invadiram Papua Nova Guiné mal preparados,pois apenas estudaram a ilha através de Mapas,que não mostrava nada sobre a Ilha...assim,depressa os alimento se esgotaram e eles não viram alternativa senão comer carne humana...era isso ou a morte.
Quando havia pausas entre as Batalhas contra os Australianos,logo que podiam íam buscar os  Australianos mortos e comiam-nos,cortados aos pedaços numa sopa...Depressa consumiram a carne humana dos falecidos e viraram-se para os seus prisioneiros,mas em vez de os matarem logo,não...cortavam-lhes pedaços das zonas mais cheias de carne,como as pernas...deixando-os em extrema agonia,com enormes buracos no corpo,até que o sofrimento e os constantes cortes,acabavam com as suas Vidas...Os Japoneses pensavam que assim,a carne não se estragava,porque o sangue  continuava a correr no corpo humano vivo,não apodrecendo tão facilmente...!!!
As tropas Australianas só deram conta dos horrendos banquetes quando conseguiam invadir-lhes o acampamento e descobriam membros humanos e orgãos pendurados nas arvores a secarem,como se uma Despensa se tratasse.
Os Australianos enraivecidos pelo atroz Destino dos seus camaradas,abatiam-nos logo,a sangue frio,não fazendo mais prisioneiros...
Após a horrenda Descoberta dos Arquivos o Escritor conseguiu falar com Japoneses ainda vivos,que lhe contaram mais pormenores do Canibalismo Japonês...
Como eles se viram sem mais alimento,após terem matado todos os Prisioneiros viraram-se uns contra os outros e tiravam á sorte,através de paus mais curtos que outros, quem morreria a seguir...
Outro Soldado contou que certo Soldado andava com um braço ás costas e que todos os camaradas lhe suplicavam que lhes desse um pedaço... ao menos os dedos...assim,ele cortou os dedos e atirou-lhes,continuando o seu caminho com o resto!!!

Os Americanos e os Australianos decidiram não dizer nada no final da guerra pelo choque que essa notícia poderia causar entre os familiares dos Prisioneiros...

"É óbvio que todos os Exércitos tiveram tentações de cometer crimes, mas alguns mantiveram certas coerências e proporções. No entanto, há diferentes pautas de comportamento. Nem todos os Exércitos foram iguais".
Os relatórios existentes deixam claro que a sua prática "era algo mais do que apenas incidentes isolados perpetrados por individuais ou pequenos grupos." Tanaka destaca o facto de que;

 "A disciplina foi mantida a um grau surpreendente, sendo esta a razão para alguns soldados a participar, a fim de evitar ser visto como traidores da solidariedade de grupo ou mesmo , em alguns casos, para evitar ser comido pelos seus próprios companheiros ".

Atrocidades existem em todas as Guerras, embora o Canibalismo dos Japoneses é, sem dúvida, o facto mais terrível que se conheceu recentemente!!!

Sem comentários:

Enviar um comentário