segunda-feira, 3 de outubro de 2016

A Civilização Micenica...


Os Micenicos vieram do centro da Europa para a Península Grega e viveram na Planície de Argos no Leste da Grecia.
Foi um longo caminho, atravessando montanhas, para chegar a uma terra que nem era tão extensa e era pouco propícia a ser cultivada.
Como uma grande área era ocupada por campos, quase não havia pasto para criação do gado, o que havia eram as oliveiras e as vinhas.
De certo, para assegurar sua sobrevivência e seu futuro, o povo Micenico voltou-se para o mar.
A sua Era de Grandeza começou a 1600 a.C.,nessa altura eles começaram a Construir Cidades Defendidas por Muralhas,como Tirinte,Pilos e Micenas.A Cidade de Micenas(que dá o nome á Civilização) tornou-se a mais poderosa Cidade Grega e era Dominada por uma enorme Cidadela,numa Colina,com uma entrada Magnifica em pedra”A Porta do Leão”,iniciada no Sec XIII a.C.
Micenas,era a cidade de Agamenon que, de acordo com Homero, foi o mais importante dos Reis Gregos que lutaram contra Tróia, foi encontrada por Heinrich Schliemann em 1876.
Aparentemente, havia logo abaixo do rei uma aristocracia militar, que era dona de vastas extensões de terras.
A base da sociedade Micenica eram os trabalhadores livres e os escravos,mas a sociedade Micenica era essencialmente guerreira e os  seus Palácios e Cidades eram rodeados de altos muros.
As suas riquezas principais eram o trigo, o azeite e o vinho. Havia indústria têxtil (lã e linho), a metalurgia do bronze (armas)e também a cerâmica. Sem dúvida a agricultura era básica. A economia era centralizada na figura do Rei.
Através dos achados Arqueológicos, sabemos que havia um comércio desenvolvido uma vez que vasilhas Micenicas foram encontradas na Ásia Menor, Síria, Egipto,Chipre, na Itália e na Península Ibérica.
As tumbas também são típicos exemplos da arquitectura deste povo, chamadas "Tholoi", são edifícios escavados na rocha, em planta circular e tecto em forma de cúpula.
O mais famoso túmulo do genero é o Tesouro de Atreu, nome dado por Schliemann em 1876-1877, e lá, foram encontrados copos, colares e máscaras mortuárias em ouro.
Noutras tumbas também foram encontradas adagas, espadas, escudos e capacetes.
Ao que parece, foram os Micenicos que aboliram a figura da Deusa-Mãe como principal Divindade de Culto.
Para os Micenicos o Deus maior era Poseidon, que, curiosamente, eles adoravam como Deus da Terra.
As Divindades Femininas eram respeitadas cada qual dentro da sua atribuição, como vamos ver mais tarde na Grécia, Atenas, Hera, etc.
No final da época Micenica, o Deus principal passou a ser Zeus que era o protector da Dinastia Real de Micenas.
Após a Queda da Civilização Minóica,os Micénios ocuparam Creta e prosseguiram o Comercio Maritímo dos Minóicos.O povo Micenico está documentado em Creta entre 1450 e 1400 a.C.
Fundaram Colonias em Rodes e Chipre.,e continuando a Navegar para o Mediterrâneo Ocidental,fizeram Trocas Comerciais com a Sicilia e a Italia.Converteram a Escrita Minoica numa forma de Grego para o seu uso.
Micenas foi Invadida mais de uma vez durante o Sec XII a.C. e caiu finalmente,como Civilização,quando a Cidade foi Destruida por volta de 1120 a.C.
A Tradição atribui o desaparecimento dos Micenicos à chegada dos Dórios.
O que ocorre é que com a decadência da Civilização Micenica, acaba o poder marítimo de Creta, a ilha se divide em cidades-estado e se torna uma parte sem importância do mundo grego.

Sem comentários:

Enviar um comentário