quinta-feira, 17 de novembro de 2016

A Famosa Pirata Jacquotte Delahaye



Jacquotte Delahaye teria vindo de Saint-Domingue no Haiti actual, e era filha de um pai Francês e mãe Haitiana. 
A sua mãe morreu dando à luz seu irmão, que sofreu dano cerebral leve e, como resultado, teve uma deficiência intelectual. Algum tempo depois,o seu pai,foi assassinado, deixando-a  sozinha cuidar do seu irmão sem meios para apoiá-los. Num esforço para cuidar de ambos, a jovem voltou-se para a Pirataria.

Por algum tempo, ela navegou ao lado de Anne Dieu-Le-Veut. Para fugir da lei, Jacquotte fingiu a sua própria morte, continuando disfarçada como homem. Eventualmente, ela foi descoberta, mas continuou disfarçada. Parecendo voltar de repente da tumba, com os seus cabelos ruivos, ela recebeu o apelido de "De Volta da Morte Vermelha".

Ela foi descrita como uma mulher com "compaixão e astúcia em igual medida com algum ouro  no seu coração".
Ela liderou centenas de Piratas e, com a sua ajuda, assumiu uma pequena ilha do Caribe (1665) chamada "Freebooter Republic".
Ela morreu num tiroteio ao defender a sua "Republica".

Jacquotte era bastante inteligente com habilidade para a estratégia. Era firme nas suas crenças, teimosa, especialmente quando estava irritada. Mesmo se ela estivesse errada, ela teria relutância,em reconhecer a sua culpa. Tinha enorme habilidade  para ler as pessoas, intuitivamente percebendo o que o outro poderia fazer (atacar, correr, etc.) ou sentir (emoções, etc.).
Ela confiava nos seus companheiros de Tripulação e Aliados, até certo ponto, mas não totalmente.

Sem comentários:

Enviar um comentário