segunda-feira, 18 de junho de 2018

Os Samaritanos

Quase toda a gente já ouviu falar dos Samaritanos(nem que seja do “Bom Samaritano”). Quando Salomão morreu,o seu Reino dividiu-se entre o Reino do Sul,Judá,e outro a Norte,Israel.O reino do norte farto do que poderíamos chamar o centralismo de Judá e da sua Capital Jerusalém,recusava reconhecer esta cidade como;Cidade Santa. Os Assírios entretanto invadiram este território e destruíram o Reino e deportaram uma grande parte dos habitantes.Alguns Assírios estabeleceram-se aí,mas segundo os Samaritanos seriam poucos e prontamente assimilados,sem contributos culturais ou religiosos;em compensação os Judeus diziam que os Samaritanos eram descendentes desses mesmo colonos,uma nova população com outros Deuses que misturando-se acabariam por criar um Povo mestiço e Religião sincrética.De qualquer maneira,os Samaritanos tinham o seu Templo,rival de Jerusalém,no monte Guerezim.
Nos séculos seguintes,foram perseguidos pelos Judeus,mal tolerados pelos Romanos, quase exterminados pelos Bizantinos,conseguiram sobreviver até ao século XX, reduzidos a menos de um milhar.
Não são considerados verdadeiros Judeus pelos grupos de Judeus mais Ortodoxos(e eles devolvem o "agradável"cumprimento,considerando que eles é que são os verdadeiros seguidores da antiga Religião).Mas para um leigo, são indistinguíveis,pois ambos circuncidam-se,reverenciam a Torá,têm os mesmo mandamentos,e a maioria das Crenças são as mesmas.
No entanto,mantêm um Sacerdócio hereditário(descendentes dos antigos Sacerdotes do Velho Testamento),recusam todos os outros livros Sagrados dos Judeus(como o Talmud),ainda praticam os sacrifícios de animais,acabam por ser bastante Arcaicos(o Judaísmo é praticamente resultado das transformações dos Rabinos depois da destruição do segundo Templo de Jerusalém).

Sem comentários:

Enviar um comentário